comentários  

02 de janeiro de 2008, 08:59

Após não vender “fiado” homem é ameaçado de morte


O comerciante, Pedro João Dantas, 43 anos, residente no Sítio Barra de Cima, município de São Bento, quase foi morto a tiros de espingarda calibre 12, após não vender bebida à prazo (fiado).

 

O fato divulgado pela polícia, ocorreu no final da tarde de ontem (terça-feira, 01/01), no Bar do Pedro, localizado no Sítio Barra de Cima.

 

Segundo as informações divulgadas, o acusado da tentativa de homicídio é Ednaldo Gomes Dantas, residente naquele sítio.

 

Testemunhas informaram a polícia, que o acusado ficou irritado quando o proprietário do bar afirmou que não vendia bebida fiado. Indignado, Ednaldo foi até a sua residência, pegou uma espingarda calibre 12 e se dirigiu ao bar.

 

Lá chegando se preparava para efetuar disparos contra o comerciante, quando foi segurado por amigos do senhor Pedro João, que o impediram de concretizar o ato.

 

O acusado foi desarmado e imobilizado. Em seguida, as pessoas chamaram a polícia, que conduziu Ednaldo, para a Delegacia de Polícia, onde foi entregue a autoridade policia competente.

 

Da redação/Marcos Oliveira    


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.