comentários  
  

21 de agosto de 2011, 11:07

CRUELDADE: Mulher é degolada em João Pessoa


A Polícia registrou da noite de sábado (20) para a madrugada deste domingo (21) quatro homicídios. Num deles uma mulher foi morta com requintes de crueldade.

De acordo com informações do repórter Josenildo Gonçalves, a mulher teve o pescoço praticamente decepado por golpes de faca.

A vítima foi encontrada morta em Camboinha II, em Cabedelo, na Grande João Pessoa, e a Polícia ainda não tem informações sobre a autoria ou motivos do crime. O corpo foi encaminhado à Gerência de Odontologia e Medicina Legal - Gemol e ainda não foi identificado.

Outro homicídio foi registrado dentro de uma lanchonete no Bairro da Torre, na Capital. Um jovem foi executado com vários tiros por volta das 23h deste sábado (20).

O crime, segundo a Polícia, teria sido praticado por dois homens em  uma moto.

A terceira vítima de homicídio foi também jovem de 18 anos. Ele foi morto no momento em que bebia em um bar no Bairro de Marcos Moura, em Santa Rita, na Grande JP.

De acordo com a Polícia, o jovem vinha recebendo ameaças de morte.

Segundo testemunhas o crime foi cometido por três homens que chegaram a pé e de arma em punho.

Segundo as primeiras investigações, a motivação do crime seria vingança ou acerto de contas, pois segundo informações colhidas no local pela Polícia, a vítima gostava de brigar quando ingeria bebida alcoólica.

O quarto assassinato foi registrado no Bairro dos Funcionários II, em João Pessoa. Um homem ainda não identificado foi morto com tiros de pistola durante a madrugada de hoje (21).

A vítima, que aparentava ter de 25 a 30 anos de idade foi morta com dez tiros de pistola calibre 380.

Vizinhos disseram à Polícia que ouviram somente tiros e um barulho de moto saindo do local.

O corpo do jovem foi encaminhado à Gemol.

Correio da Paraíba 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.


resposta ao o patoense sofrido

resposta ao o patoense sofrido

22 de agosto

meu amigo entenda uma coisa primeiro capacete é segurança,um capacete é essencial para quem anda de moto,eu uso,não pra me livrar das multas mais sim por segurança pq assim é que devemos pensar. você só iria conseguir almentar o indici de morte por acidente bem mais isso é outra historia, agora sabe que pela placa podemos puxar em q nome está o registro então seria redundante ter duas placas a ideia não tem sentido.infelismente não tem como fiscalizar a não ser pelas blitis mais ja sabemos que em patos não demora muito e param com as mesmas o jeito é prender e realmente fazer com que paguem e não soltarem logo após,vamos torcer para que façam mais paradas e assim apreendão esses marginais.

EITA

EITA

22 de agosto

Vamos mudar p PE.

O PATOENSE SOFRIDO

O PATOENSE SOFRIDO

22 de agosto

EM RESPOSTA RADIO CIDADÃO,MEU AMIGO PERNAMBUCO É QUE TEM BANDIDO,O QUE ACONTESSE É ACABAR COM O USO DE CAPACATE NAS CIDADES E SÓ SE USAR NAS BR,SERÁ QUE VOCÊS TÃO CÊGOS QUE NÃO VÊ A MAIORIA DOS CRIMES É OS BANDIDOS UZANDO MOTOS,É UM TRASPORTE MAIS RAPIDO E ENTRA EM TODO BURACO,SE NÃO USASEM CAPACETE SERIA MAIS FACIL A INDENTIFICAÇÃO,DESSES BANDIDOS O CAPACETE É A MELHOR FORMA DE SE ESCONDER E NAÕ SER IMDENTIFICADO,ESSA É A VERDADE NÃO EXISTE OUTRA.E TODAS AS MOTOS ERA PRA TER DUAS PLACAS,UMA A INDENTIFICAÇÃO DA MOTO A OUTRA A INDENTIFICAÇÃO DO PROPIÉTÁRIO,PENSEM NESSA IDEIA,É A UNICA SAIDA PRA AMENIZAR O INDICE DE CRIMINALIDADE,É UMA PREOCUPAÇÃO HOJE DE TODOS OS CIDADOÊS.

radio cidadã

radio cidadã

21 de agosto

a paraiba está entregue aos bandido e ao crime organizado já que este governo não tem organização de nada,onde está o tão falado secretario de segurança,que veio de pernambuco,eu acho que o mas certo seria,secretario de insegurança,porque até agora ele não disse pra que veio,o negocio é nós paraibanos se mudar pra pernambuco.