comentários  

11 de dezembro de 2011, 12:08

Câmara de Santa Terezinha aprova na última sessão do ano novo salário dos vereadores


A Câmara Municipal de Santa Terezinha Paraíba realizou na tarde/noite desta sexta-feira (09 de dezembro) a última sessão ordinária deste ano. Na oportunidade compareceram todos os vereadores.

 

Essa sessão marcou a despedida do vereador Otávio Neto como presidente da Casa, já que em um acordo estabelecido pelo grupo da Oposição, ficou acertado que a cada ano, um vereador da oposição comandaria o legislativo de Santa Terezinha. O primeiro foi Salomão Cordeiro (2009), depois Zé Nilton (2010), em seguida Otávio Pires (2011) e a partir de janeiro do ano que vem (2012), é a vez de Júnior Corcino ocupar a cadeira de presidente.

Mesa Diretora

Mesa na Audiência Pública 

Antes da referida sessão, aconteceu uma Audiência Pública para discutir o problema dos loteamentos na cidade. Estiveram presentes, além dos vereadores, o prefeito Davi Cordeiro (PSDB), o engenheiro Josivan Marques, corretores de imóveis, e representantes dos proprietários de terrenos. Na pauta, a discussão de tentar encontrar uma maneira de legalizar as escrituras de terrenos comercializados na zona urbana do município.

 

Uma comissão foi formada para começar o processo de legalização dos terrenos. O prefeito Davi colocou a estrutura da prefeitura a disposição, enquanto que alguns vereadores irão compor a comissão.

Após a Audiência Pública, a última sessão ordinária do ano teve início. Na tribuna os vereadores se revezaram, agradecendo mais um ano de trabalho, e comentando assuntos pertinentes a localidade.

 

Nessa sessão, foi aprovado em primeira e única votação, um Projeto de Lei, de autoria da Mesa Diretora da Casa, que fixa o teto de salário para vereadores e secretários do município para a próxima legislatura. Os valores são os seguintes: R$ 1.800,00 (um mil e oitocentos reais) para vereador e R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) para secretário municipal.

Otávio Neto

Vereador Otávio Neto 

Alguns vereadores como Edilson Balancim e Borges, acharam que o teto deveria chegar a R$ 2.000.00 para o cargo de vereador, porém votaram pela aprovação do novo teto.

 

Ao final da sessão o vereador Otávio Neto agradeceu a confiança dos colegas (que parabenizaram o mesmo pela condução imparcial dos trabalhos), e desejou boa sorte ao colega Júnior Corcino para o próximo ano.


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.