comentários  

16 de dezembro de 2011, 13:22

ÉTICA É...


Fui homenageado no dia 15 de dezembro pelas FIP e convidado a paraninfar os alunos dos onze cursos colando grau naquele dia: Licenciatura em História, Geografia, Pedagogia, Letras e Bacharelado em Ciências Econômicas, Sistemas de Informação, Enfermagem, Biomedicina, Fisioterapia, Comunicação Social e Direito. Preparei um discurso no qual procurei não simplesmente dizer as coisas de praxe numa espécie de encher linguiça acadêmica. Resolvi, portanto, publicar a minha reflexão aqui para a consideração de todos. Com esta publicação aproveito para mais uma vez parabenizar a todos que colaram grau naquele dia. O que eu falei foi:

“As minhas palavras neste dia festivo serão breves, objetivas e diretas: Se vocês formandos não cumprirem seus juramentos e exercerem suas respectivas profissões com ÉTICA, todo o esforço de graduarem hoje não terá valido a pena.

O Brasil e o mundo estão cansados da falta de ÉTICA. Seja um profissional com coragem de ser ético, de recusar a participar das politicagens perversas que existem em todos os setores e nunca usar colegas como se fossem degraus para serem pisados para a sua autopromoção.

ÉTICA é honestidade. ÉTICA é integridade. ÉTICA é carinho e atenção humana para com o próximo – seja colega, aluno, paciente, cliente, leitor ou de qualquer outra categoria.

ÉTICA é respeito pelo rico ou pobre, pelo preto ou branco, pelo católico ou protestante, pelo heterossexual ou homossexual, pelo Paulistano ou Paraibano, pelo pessoense ou patoense e pelo morador em condomínio fechado ou pé de serra!

Jesus Cristo disse em Mateus 7:12 – “Façam aos outros o que vocês querem que eles lhes façam”. Então se a ÉTICA é um conjunto de valores morais e princípios que norteiam a conduta humana na sociedade – então esta frase de Jesus é o perfeito resumo do conceito de ÉTICA que todos nós precisamos seguir.

A ÉTICA é a bússola que precisa orientar todas as áreas da nossa existência sem exceção. “Façam aos outros o que vocês querem que eles lhes façam”.

O meu patrono no Instituto Histórico e Geográfico de Patos, o Escritor e Jornalista patoense Nelson Lustoza Cabral, relata no seu livro “Paisagens do Nordeste” como na sua infância em Patos, cem anos atrás, ele “evoluiu” (para não dizer o contrário) nas suas práticas contra o meio ambiente se iniciando com a arapuca que dando ‘um Galo de Campina engaiolado era um dia de festa’. Entretanto, depois disso o nosso escritor patoense confessa que passou para ‘o bodoque e a funda’... e ‘Depois da funda entrava eu na posse da minha primeira espingarda... revolver, mauser e pistola de calibre 7.65’. E Nelson Lustosa diz: ‘Afiei-me na mira... passarinho, mocó, preá, raposa, cascavel, camaleão e tamanduá – todos comiam fogo da minha unha’!

A caatinga hoje paga o preço pela cultura perversa e antiética do passado no que diz respeito ao meio ambiente, e vocês formandos esclarecidos precisam ainda hoje influenciar as suas comunidades e municípios “Fazendo aos outros o que vocês querem que eles lhes façam”. Você quer viver preso? Você quer comer fogo da unha de alguém? Então não faça isso com a natureza e combata os maus tratos com a natureza pelas pessoas do seu convívio.

Continuando a aplicar o mesmo princípio - viva a ética nas relações humanas também. Você gosta de ser gritado? Não? Então não grite à sua empregada doméstica, use ‘por favor’ e ‘obrigado’ com ela e eduque seus filhos a fazer a mesma coisa. Assim também, respeite o funcionário da sua empresa atual ou futura. Seja ÉTICO e não exija que ele assine o contra cheque num valor, embora que receba menos, nem que ele trabalhe horas extras sem remuneração. “Façam aos outros o que vocês querem que lhes façam”.

Caros formandos – uma sociedade mais ética depende de nós e é do interesse de todos. Furar a fila é falta de educação – gritar o motorista que erra é o mesmo que dizer que você nunca erra. “Quem estiver sem pecado jogue a primeira pedra”. Neste Natal não adianta a gente pedir a Deus um mundo mais justo se nós não estamos dispostos a fazer a nossa parte.

Caros formandos – imaginem um mundo sem corrupção e injustiça! Imaginem um mundo sem fome e com uma distribuição justa de renda onde ninguém tem demais, mas todos tem o suficiente!

Como dizia o meu xará e conterrâneo:

“You may say I’m a dreamer – But I’m not the only one. I hope someday you’ll join us and the world will live as one”.

“Você pode dizer que eu sou um sonhador. Mas eu não sou o único. Eu tenho a esperança de que um dia você se juntará a nós e o mundo viverá unido”

Um Feliz Natal para todos! Que Deus lhes abençoe!”

 

 

Pastor John Phillip Medcraft



Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.