comentários  

27 de fevereiro de 2012, 07:14

Crime em família Padrasto é acusado de estuprar enteada


A polícia está a procura de Adalberto Pereira da Silva, conhecido como “Beto”. Ele está sendo acusado de abusar sexualmente da enteada de 12 anos. O caso foi registrado no município de Cacimba de Dentro, Curimataú paraibano.


De acordo com a polícia, há cerca de anos a adolescente vinha mantendo relação sexual com o padrasto. Mas, a mãe desconfiou do crime apenas na semana passada.


A desconfiança começou quando a mulher encontrou um preservativo com esperma no banheiro da casa. Os filhos foram questionados, mas negaram o uso da camisinha.


Depois de muita pressão, a menina confessou que tinha usado o preservativo com o padrasto. Durante depoimento na delegacia, a menor disse que não denunciou o caso, porque era ameaçada pelo padrasto.


A vítima foi encaminhada para o IML de Campina Grande onde passou exame de conjunção carnal. O resultado deverá ser divulgado nos próximos dias.

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.