comentários  

29 de março de 2012, 19:02

Proposta para todos os pré-candidatos a prefeito ou vereador em Patos (PB)


No dia 28 de março de 2012, eu caminhei dentro da mata ciliar (ou falta dela) às margens do Rio Espinharas na companhia do policial militar João Batista Gomes dos Santos. Betinha nos deixou na ponte do contorno da BR230 um pouco depois das 06.00 horas, e apesar de mil cercas de arame farpado, conseguimos realizar a nossa expedição, passando debaixo das pontes do Juá Doce, São Sebastião (ferroviária e rodoviária) e Salgadinho, ainda passando pela granja de Luiz Guedes até perto do centro de Patos.


Rio Espinharas em Patos

Encontramos tudo menos água limpa! O mau cheiro da água ainda permanece nas minhas narinas. Encontramos sofás, geladeiras, pneus, bicicletas, malas, garrafas e todos os tipos incontáveis de lixo. Também encontramos cavalos de raça, vacas leiteiras de alta qualidade, muitos porcos, gansos, inúmeros esgotos clandestinos, faculdades e até casas com guaritas dentro do rio, além de desmatamento, aterramento e construção ilegais em andamento.


Rio Espinharas em Patos

Milagrosamente, no meio deste descaso e poluição, enfatizo a resistência da natureza criada por Deus que vi e fotografei. Flores selvagens, aves de mais de 20 espécies, cágados, tejus, lagartixas e um bosque lindo ainda sobrevivente (até quando?) no leste do rio ao sul da ponte do Rivaldão.


Rio Espinharas em Patos

Proposta para 2012: que o Secretário Municipal do Meio Ambiente, a Sudema e o Ibama implementam uma suspensão imediata em todas as obras e ações nas áreas pertencentes à União e monitorem, imediatamente, toda a área do Rio Espinharas no Município de Patos. Precisamos evitar que o estado do Rio Espinharas piore ainda mais este ano.

 

Proposta para pré-candidatos para 2013 em diante: que cada candidato se comprometa, publicamente e por escrito, a salvar o nosso rio. É perfeitamente possível porque cidades muito maiores já salvaram os seus. Pedimos para que todos os candidatos se comprometam a fazer obras de saneamento básico que evitem o despejo de esgotos no rio; que restaurem e salvem todas as matas ciliares do rio; que proíbam, de fato, construções ilegais; que criem trilhas de dois metros de largura (uma mais baixa para a seca e outra mais alta para o inverno) para que a população possa caminhar livremente à beira do rio; que façam um mutirão para tirar todo o lixo do rio. Assim, o Rio Espinharas poderia se tornar uma opção de lazer no Município e invés da vergonha atual se transformar numa atração turística. Isto é possível e tenho certeza que Deus e o povo querem.

 

Pr. John Medcraft


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.