comentários  

05 de novembro de 2012, 09:47

Filosofia Contemporânea


O início do século XXI ainda pode ser considerado como um prolongamento  do século XX, assim como nas primeiras décadas do XX ainda se vivia a euforia do XIX, como todo o seu entusiasmo pelo processo e pela ciência. O observador contemporânea ainda tem o recuo histórico necessário para inventariar plenamente as contradições, as tendências e o significado do século mais vertiginoso de todas as épocas. Nunca houve um período com transformações tão drásticas e em velocidade tão intensa. Por isso, podemos apenas seguir alguns traços desde nosso tempo, tentando mapear seu roteiro caótico .

É  verdade que o século XX trouxe , ainda mais que o anterior, notáveis progressos científicos e tecnológicos,como a comunicação em massa, a aviação,a astronáutica (iniciando a conquista especial ), o computador é a revolução digital ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­para citar apenas alguns aspectos mais importantes desse processo. Mas, por outro lado alguns fatos marcaram esse período de maneira a imprimir mentalidade das pessoas um cunho notadamente cético e muito mais pessimista do que no século XIX. Duas grandes guerras ,com milhões de mortos ; o terrorismo; as centenas de guerras locais: tudo isso foi impactante na consciência mundial,acabando com aquela euforia anterior de que tudo estava caminhado para o melhor. A confiança no futuro e o orgulho das conquistas humanas ,tecnológicas e civilizatórias ficaram abaladas pelas atrocidades das guerras ,pelos campos de extermínio em massa ,pela tecnologia da morte e mesmo pela desigual e injusta distribuição dos benefícios tecnológicos alcançados ,que não são acessíveis a todos o cidadãos.

As utopias sociais,que até a década de 1970 ainda conquistavam adeptos entusiastas,também parecem ter fenecido pela  visão de que as grandes revoluções,inspiradas no marxismo especialmente a russa e a chinesa , redundaram em regimes totalitários,opressores e, até mesmo, em fracasso econômico. O mundo, antes divido em direita e esquerda, mergulhou a partir da queda da União Soviética, nas últimas décadas,em um só capitalismo global,parecendo a muitos que estamos determinados inapelavelmente a viver nesse sistema.


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.