comentários  

11 de janeiro de 2014, 15:18

A internet e suas duas faces!


De fato, a internet é, sem dúvida, a maior revolução da comunicação do mundo pós-moderno. A internet surgiu nos períodos áureos da Guerra Fria, na década de 60 do século XX, quando existiram intensas pesquisas militares dos Estados Unidos e da União Soviética. De lá para cá, houve significativos avanços de modernização dessa extraordinária ferramenta. Porém, existem dois aspectos nesse meio tecnológico, um positivo e o outro negativo. Tamanha reviravolta tecnológica está sucedendo neste século XXI devido à internet. Esse fenômeno dá-se por conjugar duas características antes não utilizadas como: a Interatividade e a Massividade ao mesmo tempo. Então observemos: a importância desse instrumento no campo da educação à distância, na medicina, no meio ambiente, na indústria do trabalho, na pesquisa científica, na economia, na comunicação, no lazer e no convívio social, entre outros. Como vimos, o assunto é muito admirável para a sociedade brasileira.

Desse modo, como o tema é muito vasto minha pretensão é aprofundar exclusivamente no aspecto das relações humanas, ou seja, como as pessoas, hoje em dia, estão relacionando-se por meio da internet. É interessante que milhares de pessoas usam a internet para ampliar o seu convívio social. Segundo o estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2011, aproximadamente 50% da população do Brasil teve acesso à internet, ou seja, quase 100 milhões de pessoas desfrutam desse magnífico veículo de comunicação.  O uso desenfreado das redes sociais, por parte da população, e, sobretudo pelo jovem, é inconveniente. É triste ver pessoas acessando o facebook dentro das Igrejas, por exemplo, é uma falta de respeito, sem tamanho para com Deus. Tantos outros caminham cabisbaixos nas ruas, nos restaurantes sentados acessando a internet, nas praças e escolas da mesma forma. Quase ninguém mais conversa sem a internet. Penso que esse comportamento é um retrocesso para uma civilização. Penso também que a sensatez é essencial para as pessoas, pois todo vício é danoso ao ser humano. 

Portanto, a população carece permanecer atenta também para não usar o lado maléfico da internet, como destaca a escritora Lya Luft: “É triste que um meio de comunicação, pesquisa, lazer e descobertas como a internet seja usado tantas vezes para fins tão negativos”. Muitos utilizam esse mecanismo para a prática da pedofilia, pornografia, calúnia, falsificação, roubo, entre outros. Sem sombra de dúvida, muitos jovens, crianças e adultos são viciados nessa ferramenta, e se tornam presas fáceis nas mãos dos delinquentes. Nesse contexto, o famoso escritor e médico Augusto Cury diz algo muito pertinente para a juventude: “Os jovens conhecem cada vez mais o mundo em que estão, mas quase nada sobre o mundo que são”.

Um tanto contraditório é que muitos são “amigos” no facebook, porém, quando se encontram, mal se cumprimentam. Pessoas que até encontram namorado ou namorada, pela internet, seguramente, fazem algo preocupante, pois essa relação virtual deve ser vivida com muita prudência. A vida real é algo muito sério, um pouco de cautela é sempre conveniente.

O principal objetivo desse artigo é despertar os pais e responsáveis pelas suas crianças e jovens, para que acompanhem de perto a qualidade do uso da internet de seus filhos. Além do mais, é sempre melhor “prevenir do que remediar”. Necessitamos motivar, portanto, o uso da internet na sua face do bem, e coibir veementemente o lado pervertido da mesma. Nada substitui o convívio real entre as pessoas. Reflitamos bem sobre esse tema tão moderno da nossa sociedade.

 Deus abençoe a todos!

  Revisão: professora Klítia Cimene 

Jordan Bezerra


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.