comentários  

20 de novembro de 2014, 07:48

Feliz Natal!


Essa sem dúvida alguma é a época mais ''mágica'' do ano inteirinho. Que o diga o comércio, que tem nessa festa o seu ponto mais lucrativo. Depois do Natal, só mesmo o dia das mães.

Nessa época do ano homem ruim fica bom, homem bom fica ótimo e os homens ótimos vão para o céu... com tripa e tudo. Nessa época do ano o que vale mesmo é a confraternização até mesmo, e principalmente, entre os que se odeiam, os diferentes e os iguais.

Tem situações que o ''amigo secreto'' facilmente poderia ser ''inimigo secreto'' tamanha as desavenças, mas tudo termina bem em nome do nascimento do menino Jesus. Bom seria que fosse assim o ano todo, em todos os seus doze meses, com seus trezentos e sessenta e cinco dias. Aí também já seria pedir demais numa sociedade em que se usam as pessoas e se valorizam as coisas, quando o correto, todos sabem, seria usar as coisas e valorizar as pessoas.

Vacinado que sou aos 56 anos completados no próximo dia 5 de dezembro de 2014, gostaria mesmo é que tudo ''realmente' fosse diferente, mas não sou tão ingênuo para acreditar que isso realmente vá ocorrer. Depois de primeiro de janeiro, no máximo dia 2, começa novamente o canibalismo, a antropofagia e a violência do - vou querer também senão vou contar pra todo mundo. Não fosse assim não seriamos humanos ou desumanos.

E assim virão mais 12 meses, mais 365 dias, mais desumanidades e menos fraternidade. Sinto muito! A culpa também é minha que poderia estar aqui fazendo prosa e poesia, mesmo sem sentido algum, mas politicamente correto. Então fica combinado, deixo as mentiras para a grande imprensa. As minhas verdades são só minhas e de mais ninguém. Mesmo assim, gostaria de desejar que dias melhores venham para todos nós. Dias de mais igualdade, liberdade e fraternidade.

Que GADU, o Grande Arquiteto Do Universo, entre mais em ação, permitindo menos desigualdades e mais liberdade e fraternidade. Com mais pessoas com casa, comida e amor para dar e receber. Um mundo melhor com menos sabidos e mais sábios. Com menos espertos e mais inteligentes. Com menos sofrimento e mais alegrias.

Que o amor venha em forma de gentileza e solidariedade, até porque as coisas mais importantes e mais legais e mais deliciosas da vida, definitivamente, não precisam de dinheiro. Eu mesmo conheço gente tão pobre, mas tão pobre, mas tão pobre, que só tem mesmo dinheiro. E como diria o poeta: ''Pobre de quem acredita na glória e no dinheiro para ser feliz''.

Se todos nós lembrássemos aquele que veio ao mundo numa simples manjedoura e no lombo de um jumento e mesmo assim foi visitado pelos reis da época, todos os dias, e não somente na época do Natal, o mundo seria uma maravilha.

Aproveitemos então esses dias de tréguas para tentar entender o que o menino Jesus quis dizer quando falou: ''Amai-vos uns aos outros''. Assim seja. Amém!

 

Lourimar Neto é proprietário do restaurante COSTELA NO BAFO.


PROMOÇÃO: COSTELA BOVINA COMPLETA R$ 40,00
Acompanha: arroz, feijão, couve mineira, farofa com Banana, farofa com Bacon, macaxeira cozida, vinagre e salada. Reservas pelos telefones (83) 9644 9290 e 9627.4215 .

Entrega em toda Patos e região.


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.