comentários  

03 de junho de 2016, 17:58

O MATUTO E AS HIPOTÉTICAS PEDALADAS


Se num fosse dois cabra macho que eu conheço derna de menino, eu mermo num butaria a mão no fogo pur eles não. São dois cabra macho e amigos que nem eles, tou pra ver. Parece dois amancebado. Inté nos dias de feira tão junto prá mode fazer negócio e beber cachaça. Pode chegar, quem quizer ver, umas seis horas da manhã no Mercado, lá em Maria do Bode ou nas visinhança e ver se eu falo a verdade ou não.

Quem é que num conhece por lá Zé de Mané e Manezim pé no saco? Todo mundo conhece e comprova o que eu digo. Zé de Mané é sabido e Manezim pé no saco é sabido e mei. Só tem uma deferença. Zé de Mané é puto da vida cum Lula e véve pidindo a Deus qui ele se lasque e vá prá cadeia. Manezim não. É doido pur Lula e diz qui pur Lula infrenta inté um pilotão de soldado e infrenta mermo pruque quando quaiquer dos dois se mete numa imbuança, quem tiver pur perto corra purque o negócio fede a chife queimado.

Dia desses, já tava os dois mei bebo, passou um carro de som chamando o povo pra mode assisti uma palesta de uns doutou qui ia falar de uma manera mais fácil de se plantar o qui quisesse e colher ligeiro e cum lucro.  A reunião ia ser treis da tarde lá no Sindicato Rural. Quem quisesse ouvi era só procurar o doutou Sebastião, lá na Casa do Fazendero ou na prefeitura, e tava tudo resolvido.

 Adispois de tomarem umas bicada com buchada e custela de porco assada, foro os dois.

A palestra parece qui tava interessante purque só saíram de lá quando tudo ia terminar. Foi nesse momento qui Zé de Mané, mei incafifado, se dirigiu pro doutou qui feis a palestra e perguntou.

- Doutou, esse negócio qui o sinhou explicou é certo mermo?

- A questão é que estamos ainda no terreno das experimentações primárias, mas os primeiros resultados positivos nos fazem crer que estamos próximos a uma conclusão mais definitiva e comprobatória, para então defendermos a tese e aplicarmos com toda a segurança científica a nova técnica revolucionária. 

- Num intendi.

- Por enquanto, meu amigo, é uma hipótese.

- O qui danado é uma hipótese?

- Hipótese, meu amigo, é uma suposição admissível, ou seja; uma teoria possível, mas ainda não demonstrada.

- Agora eu intendi.

- Intendesse nada – disse Manezim pé no saco.

- Quem não intendeu foi tu. – Retrucou Zé de Mané.

- Eu intendi muito bem.

- Se tu intendeu, então me diz o qui danado é uma hipórtese.

Maanezim pé no saco estufou os peito e cum aquele ar de sabeduria matuta lá dele, explicou;

- Hopótese é uma coisa qui num é, mais pode ser qui seje e dependendo do leroado, acaba sendo sem ser.

- Agora eu intendi. É qui nem as pedalada da presidente Dilma.

- Vai te lascar, seu corno felá da puta.

 

 

Souza Irmão, 03-06-2016

 

P.S

Com todo respeito e gratidão a um dos mais sábios dos matutos que conheci o saudoso Zé Cavalcante. - Piadas, potocas e pilhérias.    

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.