comentários  

07 de novembro de 2016, 08:29

Ela é foda


Passei dias até vim esse capítulo na mente. Nada surge tão fácil é preciso tempo, bons papos e histórias. Nesse caso um momento. Estava num restaurante e enquanto esperava minha colega tinha três rapazes bem humorados (dava para ouvir as risadas e os papos) e um deles falou sobre sua ex. Que ela era uma mulher foda na cama.

Daí fiquei pensando que uma mulher foda é aquela que é só boa na cama? Ela se resume ao sexo? Sei que eles estavam falando em relação ao sexo, mas ampliei o assunto e minha mente ficou inquieta com essa interrogação: o que é uma mulher foda?

Uma mulher foda é mais que sexo. Não é santinha, piriguete, novinha, patricinha. Ela é mulher e pronto. Ela não é mais ou menos. Ela não é detalhes e nem meia verdade. Ela é completa.

Uma mulher foda canta errada a letra da musica, esta sempre falando de outra coisa. Está sempre fazendo caras e boca sem perder a pose.

Uma mulher foda fica absolutamente linda vestindo só o sorriso, calçando o bom humor. Se ela está junto com as amigas soltam risos altos, largos e incontroláveis.

Uma mulher foda tem algo especial no olhar, seu jeito de ser. É uma mulher que pra decifrar precisa olha-lá, não de qualquer jeito, mas sem pressa. Ela acha mais interessante o cara que faz várias coisas. Não tem medo de homem, tem medo do escuro.

Uma mulher foda é singular, por que é única. Ela não foge de nada muito menos dela. Ela se aceita, se ama.. adora seu corpo, suas curvas. Ela é cheia de manias. Dorme com luz acessa televisão ligada e quando acorda faz aquele coque no cabelo.

Uma mulher foda está longe de ser cem por cento alegre, ela tem seus dias de tristezas e faz deles um atento a si própria.

Uma mulher foda não precisa de platéia ou de aplausos e muito menos de muitas curtidas e comentários em suas redes sociais, ela se basta.

Exatamente isso, uma mulher foda se basta. Não precisa de sempre está com alguém para ser feliz. Ela descobriu o amor próprio e que a vida é bela para esperar sentada, chorando por um cavalo montado num príncipe. Ela faz programa sozinha como: ir ao cinema, jantar só, viajar.

               Não se importe com o que as pessoas comuns pensam de você, apenas se importe            com que as pessoas importantes sabem sobre você.

 

Claudia Carvalho

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.