comentários  

29 de novembro de 2016, 16:37

A morte, uma certeza


De poucas coisas na vida que devemos ter a certeza é a morte. Ela chega para todos independentes da idade, cor, religião, da situação econômica, se é rico ou pobre, negro ou branco. É algo inevitável!

  Mas, também há outra certeza – cada um só irá no tempo determinado pelo o Senhor. Nem antes, nem depois. Digo isso, por que já tive de cara com a morte umas duas vezes, fora duas batidas de carro.  Todos estão destinados com bilhete comprados pra partir, mas não se avexe, não, por que só vai no dia determinado, ainda há muitas coisas pra fazer, há muitas pessoas Ra você ajudar, acalma o coração, ta?!

  Mas, há uma coisa que diante dessa tragédia de hoje do Chapecoense e de tantas outras que acontecem diariamente, é saber que herança tenho deixado para as pessoas? Como as pessoas vão lembrar de mim, quando eu partir? Como serei lembrado?

  Não falo das pessoas que não gosta de você, até por que não somos obrigados á agradar a todos, nem Jesus agradou, por que eu iria agradar? Mas, falo das pessoas que tem conhece família, amigos, filhos, esposa. Sabe de uma coisa? O dia lá fora está passando, e somos alertados diariamente de uma forma ou de outra, para abraçar mais as pessoas, dedicar mais tempo a gente do que objetos. Sabe, vá visitar parentes distantes, aqueles que moram em outra cidade. Vá correr atrás dos seus sonhos. Vá dizer mais: eu te amo, pô!

  Essas coisas pequenas, que chamamos de detalhes, e que depois da morte não poderá mais fazer.

 

Claudia Carvalho

Esp. Familiar e sexualidade

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.