comentários  

09 de janeiro de 2017, 14:23

Mulher de verdade


Esses dias navegando pelas redes sociais uma frase me instigou, a frase dizia: Um homem de verdade não precisa de puta, mas de mulher de verdade. Mas, em minha opinião antes de descortinar sobre o tema, é que para ter ou permanecer ao lado de uma mulher de verdade, no mínimo tem que ser HOMEM DE VERDADE.#sóacho

  Há quem diga que Penélope, na mitologia grega, esposa de Ulisses, foi uma grande mulher, porque mesmo com a distância do marido, mesmo sabendo que ele poderia jamais voltar, ainda assim permanecia apaixonada e fiel.

Outros dizem que mulher de verdade, era Amélia, aquela que passava fome, não tinha vaidade alguma, aceitava tudo, mas claro que Amélia, não era mulher de verdade.

 Particularmente todas as mulheres são de verdade quando:

  •  È única – È sua. E isso faz uma mulher de verdade. Ela não é oito e nem oitenta. Ela não se enquadra em padrões estabelecidos, ela não pode se encaixar, por que sua forma é única. Não é cópia. Não vive na história como telespectador, mas protagonista da sua própria história. Ela simplesmente é! Pra isso, ela precisa ter um conhecimento apurado de si mesma.
  • Aprendiz – A mulher de verdade sabe que a vida ensina. Ela sabe que é uma eterna aprendiz desta escola chamada, vida. Ela sabe que, acima de tudo precisa ouvir seu interior, buscar respostas certas. Ela sabe do valor dos seus sentimentos, do seu próprio valor e assume isso, sem precisar de platéia.
  • Olha para dentro de si – Uma mulher de verdade ela sabe que está sempre em construção. Ela olha para dentro de si ao invés de apontar o dedo. Ela é tão sabia que prefere sentar, ouvir e ter empatia. Sua forma de viver é sob uma ótica única, singular e humorada de ver as coisas. Ela sempre usa a outra porta do lado – tenta enxergar outras possibilidades. Ela tem algo de fantástico- procura motivar a si mesma.
  • Ela não é refém de suas emoções – Se tem algo que uma mulher de verdade faz é chorar, ela sente a dor, mas não vive refém de suas emoções. Ela sabe que a dor, o choro, e todo e qualquer sentimento negativo são passageiros, e não foram feitos para habitar dentro dela. Embora muito olhem para ela, e imaginam uma mulher de ferro com garra, mas somente ela sabe os cacos que cortaram seus pés, porém ela, não permitiu que nenhum desses cacos ferisse o coração. Feriram os pés e algumas vezes as mãos, mas não perfuraram o coração. Uma mulher de verdade é pó refinado.

 

Toda mulher é de verdade quando se permite crescer, amar, interrogar, defender, falar, ousar, viver, se descobrir!!!

Mulher de verdade.

Claudia Carvalho

Espc. Em relacionamento e sexualidade

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.