comentários  

20 de março de 2017, 16:13

Homem sofre infarto fulminante na porta da igreja e demora na remoção do corpo revolta comunidade na Vila Mariana, em Patos


O senhor Francisco Sales, de aproximadamente 65 anos, residente na Vila Teimosa, Conjunto Bivar Olinto, em Patos, sofreu um ataque cardíaco fulminante enquanto subia a rampa de acesso para assistir à missa na Capela de Nossa Senhora das Dores, localizada no Bairro Vila Mariana, também em Patos.

O fato aconteceu por volta das 05h30 deste domingo, dia 19. De acordo com relatos do Diácono Gildenor da Silva Oliveira, o mais revoltante foi que o corpo do idoso ficou exposto no chão até por volta das 10h00 devido à demora do Plano de Assistência Familiar PAMEF, da Cidade de Santa Luzia (PB), em recolher o féretro para os encaminhamentos do funeral.

Gildenor disse que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, porém o médico constatou morte natural ocasionada por parada cardiorrespiratória. O médico explicou a família que acionasse uma funerária para os encaminhamentos. Um dos familiares do senhor Francisco Sales ainda foi até o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL), no entanto, a orientação foi a mesma do médico do SAMU.

Tanto o presidente da Associação Comercial e Industrial de Patos (ACIAP), Sales Diniz, bem como o Diácono Gildenor, além de outras pessoas que presenciaram o fato, ficaram indignadas com a forma que a atendente do Plano de Assistência Familiar PAMEF tratou o caso. Os relatos são de destrato e falta de atenção para com a família, parentes e amigos do ente morto na porta da igreja.

Gildenor disse que a comunidade católica presente na igreja ficou indignada com o fato. “A missa foi celebrada em intenção de seu Francisco de Sales, prestamos a assistência e a nossa solidariedade à família. O que causou indignação foi a indiferença do plano de saúde de Santa Luzia”, relatou.

A reportagem tentou contato telefônico com a PAMEF, mas as chamadas não foram atendidas.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

 

 

OUÇA entrevista com Gildenor da Silva:

 

 

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.