comentários  

16 de julho de 2017, 11:39

Comandante da CPR II diz que PM não irá cumprir Lei da liberação de bebidas nos estádios de Patos. Presidente do Nacional rebate. Escute


Dentro do debate realizado pela Rádio Espinharas sobre a Lei que libera a venda de bebida alcoólica, realizado neste sábado (15/07), dentro do programa Revista dos Municípios, o comandante da CPR II, Coronel Enéas da Cunha Rolim, se mostrou contrário ao Projeto de Lei que regulariza a comercialização nos estádios de futebol e arenas esportivas localizadas na cidade de Patos e dá outras providências.

Em sua participação por telefone o comandante defende que antes de ser aprovada a lei precisaria de um amplo debate com a sociedade e principalmente com a polícia militar, instituição responsável por garantir a segurança e ordem pública nos estádios. Cunha Rolim afirmou que o prefeito de Patos, Dinaldinho Wanderley será orientado a vetar o PL, e que a Polícia Militar não vai cumprir a referida Lei. Ele disse que a PM vai continuar se regendo pelo que classificou de Lei Maior, como por exemplo, o Estatuto do Torcedor.

Outro lado

O presidente do Nacional de Patos, advogado Alisson Nunes, não concordou com as palavras com Coronel Cunha Rolim, e disse que a Polícia Militar não pode se recusar a cumprir uma Lei. “Só que pode dizer se uma Lei deve ser cumprida ou não é o STF”, afirmou que dirigente nacionalino.

Alisson Nunes também afirmou que recebeu a informação do um dos dirigentes esportivos do Atlético de Cajazeiras, que teria lhe repassado que a Lei que libera nos estádios daquela cidade está em pleno vigor.


Alisson Nunes de Jeffersom Melquíades nos estúdios da Rádio Espinharas (Foto: Marcos Oliveira/Patosonline.com)

 

 

Escute as opiniões divergentes do representante regional da Polícia Militar e do presidente do Nacional de Patos. 

 

Patosonline.com 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.