comentários  

16 de julho de 2017, 21:06

Polícia investiga assalto ocorrido nas imediações do Guedes Shopping - Veja vídeo!


Às 19horas, 12 minutos e 45 segundos desta quinta-feira, dia 13, a jornalista Paloma Pires e seus dois filhos saíram do Guedes Shopping após acompanharem a programação de férias que ocorria no espaço de eventos do próprio shopping. As imagens captadas pelas câmeras de segurança depois também mostram que às 19 horas, 14 minutos e 33 segundos, uma moto passa com duas pessoas em velocidade incompatível com o local e em atitude suspeita.

Minutos depois, se confirmava que a jornalista já havia sido assaltada com sua filha pelos dois homens. Os assaltantes levaram dois celulares, um da jornalista e o outro de sua filha. O carro estava estacionado na Rua Vereador Joaquim Leitão, próximo ao Guedes Shopping. Paloma relatou que tudo foi muito rápido e um dos homens, o que desceu da moto, ameaçou a família para que não reagissem e não olhassem para eles. Ela relatou que já estava dentro do carro quando deram a voz de assalto.     

No momento a jornalista pensou na segurança dela e dos seus filhos. Ela não reagiu e em determinado momento achou que os dois assaltantes iriam levar o automóvel. Paloma relatou que o homem estava decidido e queria mesmo os celulares. A jornalista estranhou, pois, o homem sabia dos dois celulares, mesmo sem estarem à mostra. Paloma acredita que os homens poderiam estar observando ela e seus fiçhos antes mesmo do assalto, talvez dentro do shopping.

As imagens mostram que o segurança ainda desconfiou da velocidade que a moto passou na frente do shopping. A velocidade era alta e o carona escondeu a placa temendo ser visualizado pelas câmeras de segurança externas da rua. A imagem da passagem dos suspeitos é registrada às 19 horas, 14 minutos e 32 segundos. Tudo ocorreu muito rápido.

Às 19 horas, 15 minutos e 7 segundos, o carro de Paloma aparece no vídeo. A jornalista disse que falou com o segurança para que este acionasse a polícia. O segurança relatou que Paloma falou muito rápido e ele não entendeu em detalhes o que havia ocorrido. A câmera registra que o carro da jornalista segue lentamente. Ela comentou que foi direto para a Delegacia de Polícia Civil para registrar o Boletim de Ocorrência (BO).

Paloma se queixou da falta de atitude dos seguranças diante do fato, no entanto, os seguranças disseram que não viram o ocorrido, pois este se deu um pouco distante da porta principal do shopping e quando a vítima se aproximou para explicar foi muito rápido e já saindo no carro.

A jornalista disse que ainda tentou pegar as imagens para ver se a sua filha reconhecia os assaltantes para ajudar nas investigações da polícia, mas a direção do shopping não disponibilizou. A direção do Guedes Shopping, na pessoa de sua gerente, Tereza Vitória, comentou que as imagens foram entregues a polícia a quem cabe investigar e tentar capturar os assaltantes.

O fato gerou repercussão após a jornalista se queixar na sua rede social Facebook sobre a ação dos seguranças. Logo após, determinados veículos de imprensa tornaram o caso público sem procurar o shopping. A direção do Guedes Shopping também se queixou de alguns meios de comunicação que expuseram o fato sem que a versão do shopping fosse ouvida.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

 

 

 

OUÇA entrevista com Paloma Pires e Tereza Vitória:

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.