comentários  

11 de outubro de 2017, 16:06

Oposição diz que Dinaldinho usou manobra para aprovar Taxa do Lixo. “Vamos pedir a revogação”, afirma vereadora. Escute


Ainda continua repercutindo bastante a aprovação do Projeto que cria a Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos Domiciliares aqui em Patos. A matéria foi apresentada e votada na última quinta-feira (5), e aprovada no mesmo dia.

A bancada de oposição alega que não percebeu o teor do projeto e acabou votando favorável porque não tinha conhecimento do teor do projeto. A Matéria constava embutida na reforma do Código Tributário que foi aprovado naquela ocasião.

Só que agora, a oposição quer correr contra o prejuízo. A vereadora Lucinha Peixoto (PC do B), que faz uma ferrenha oposição do prefeito Dinaldinho, disse que vai consultar com o jurídico da Câmara, para ver a possibilidade da revogação da Lei.

Lucinha acusou o prefeito Dinaldinho de fazer uma verdadeira “manobra” para aprovar o referido projeto, sem que eles (vereadores) soubessem o que de fato, estariam aprovando.

O projeto prevê cobrança no valor de R$ 0,40 centavos por m², ou seja, moradores de residências com 200 m², por exemplo, devem pagar em torno de R$ 80,00. A cobrança deve começar em janeiro de 2018 e será feita junto com o IPTU.

Escute a fala da vereadora fazendo a acusação:

 


 

Patosonline.com 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.