comentários  

11 de outubro de 2017, 21:16

Amigas Viva a Vida participam da palestra de abertura da Campanha Outubro Rosa em Mãe d’Água


Com o intuito de chamar a atenção das mulheres do município para a importância da prevenção e da busca pelo diagnóstico precoce dos casos de câncer de mama e cólon do útero entre, a Prefeitura de Mãe d’Água, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na manhã desta terça-feira, dia 10 de outubro, uma palestra de abertura da Campanha Outubro Rosa em Mãe d’Água.

O evento aconteceu no Auditório Municipal Professora Lucinda de Souza Justo, com a presença das representantes do Grupo Amigas Viva a Vida, da cidade de Patos, Gerusia Delfino, Leda Diniz e Edileuza Nóbrega, com a participação de um bom número de mulheres e com a palestra da enfermeira e secretária de Saúde do Município, Sandra de Lourdes Serrano Paiva Teixeira.

Durante sua palestra, Sandra chamou a atenção das mulheres para o modo correto a se fazer o autoexame, onde juntamente com a secretária adjunta, Glaucia Lustosa, fez uma demonstração do passo a passo e dos movimentos que devem ser realizados, além de falar sobre o período em que deve ser fazê-lo, bem como alertou sobre a necessidade de se buscar, de imediato, o atendimento nas Unidades de Saúde em caso de detecção de algum nódulo, ou comportamento estranho das mamas ao se realizar o autoexame.

Sandra também falou sobre o câncer de colón de útero, apresentou imagens e dados sobre a doença no Brasil e reforçou a importância da realização regular dos exames de prevenção. E, além da secretária, também fizeram uso da palavra durante a solenidade o prefeito Francisco Cirino, a enfermeira do PSF II, Ângela Leitão e a presidente do Grupo Amigas Viva a Vida, Gerusia Delfino.

O prefeito agradeceu a presença de todas, parabenizou a Secretaria de Saúde pela organização e também as representantes das Amigas Viva a Vida pela disponibilidade. “Sejam todas muito bem-vindas a este importante evento, pelo qual, desde já eu gostaria de parabenizar a Secretaria de Saúde. E também, quero deixar meu agradecimento as Amigas Viva a Vida pela disponibilidade em vir colaborar com o nosso evento e dizer-lhes que esperamos poder contar com elas em outras ocasiões”, se antecipou o gestor.

Ângela, como enfermeira que lida diretamente com a saúde preventiva, através das ações da Estratégia de Saúde da Família, fez um alerta a todas as mulheres presentes. “Gostaria de dizer que é uma satisfação estarmos com vocês nesta manhã e, aproveitando a oportunidade e a presença de todas, quero chamar a atenção para o fato de que é importante que a mulher, logo após a sua primeira menstruação, já possa realizar o autoexame, pois, em nossa área de atuação, temos o caso de uma adolescente de 16 anos que apresentou nódulos e vem se submetendo ao tratamento, o que demonstra, de fato, o quanto é importante que tenhamos esta atitude logo cedo”, relatou Ângela.

Em sua fala, Gerusia Delfino reafirmou as palavras das enfermeiras Sandra de Lourdes e Ângela, quando falaram sobre a diferença que faz o diagnóstico precoce e também falou sobre sua experiência com o câncer, o modo como encarou o tratamento, a superação e a sua atuação nos grupos de apoio a pessoas com câncer.

E, finalizando o encontro, todos os presentes tiveram a oportunidade de ouvir três depoimentos de vida e renascimento após a cura. Os relatos foram feitos por Edileusa, Iraci Paulino e Neide Campos, que descobriram cedo e tiveram tempo de se tratar e encontrar a cura. Elas falaram da reação após o diagnóstico e como não desanimaram e do quanto o apoio da família foi importante em suas recuperações. “O câncer não mata, ao contrário, ele nos fez ver a vida com outros olhos e aprender a amar a vida e valorizar cada momento”, concluíram.

 

Cledilma Cordeiro – Ascom | Prefeitura de Mãe d’Água

 

Fotos e vídeos da postagem



Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.