comentários  

06 de dezembro de 2017, 16:51

Crianças ganham festa de final de ano com presença de animais do Canil Filhos do Bessa


O Canil 'Filhos do Bessa' esteve na cidade de Patos na tarde desta terça-feira, 05, em uma ação que envolveu psicólogas, animais, crianças com microcefalia e parceiros que promoveram o momento. 

O evento foi realizado na área de lazer do Guedes Shopping que disponibilizou o espaço para que as crianças pudessem utilizar os brinquedos. Na ocasião, dois cães do Canil Filhos do Bessa estiveram no local em um momento de envolvimento com as crianças, tendo em vista que surgiu a partir de um projeto voluntário de cinoterapia em relação ao desenvolvimento de crianças com microcefalia, com dificuldade na aprendizagem escolar e em lares de idosos.

Vandicleide Barbosa, criadora de animais, explicou que conheceu a psicóloga de Patos, Priscylla Guedes que já estava fazendo o trabalho de conclusão de curso baseado na cinoterapia. A terapia que já é realizada em João Pessoa, ocorre há sete anos e beneficia várias pessoas com as mais diversas patologias. Vandicleide garantiu que o contato da criança com o animal é saudável e desenvolve quem tem o contato com o bicho.

"A partir daí eu vi como os animais beneficiam não só a parte motora, mas também a parte psicológica, emocional de todo mundo que tem contato com ele. Como eu já faço eventos com animais, eu só fiz ampliar minha vontade de continuar na área e também ampliar a quantidade de animais que eu já tenho", explicou.

Já a psicóloga, Priscylla Guedes, aplicou a cinoterapia por três meses em uma escola da capital e está pretendendo trazer o trabalho em Patos. "Pra isso a gente precisa de colaboração dos funcionários do hospital para que a gente consiga um dia implantar isso", disse.

A psicóloga explicou que tem esperança de implantar a terapia na Maternidade Patos, uma vez que o local já recebe crianças com microcefalia. A cinoterapia é um trabalho multidisciplinar que envolve vários profissionais como psicólogo, fisioterapeuta, fonoaudiologia, pois, segundo Priscylla, essas categorias envolvem o animal em processo de tratamento.

A mãe de uma das crianças que participou do evento desta tarde, Adriana Mateus, afirmou que o seu filho ainda não tem envolvimento com animais, mas, sempre procura estimular o seu filho em casa com outras atividades, com a fisioterapia semanal. 

Isabel Cristina, mãe de Jackson Gabriel de 02 anos de idade, disse que é importante o trabalho com as crianças com microcefalia porque "desenvolve bastante" o seu filho. Ela garantiu que sempre brinca com o garoto, dobra a atenção a ele e através de um gato faz ele se entreter com o animal.

Durante esta tarde, as crianças receberam lanches, brinquedos e sacolinhas com brindes que foram doados por um empresário. 

 A vereadora e enfermeira, Nadir Rodrigues, agradeceu aos colaboradores pela realização do evento e explicou que a prioridade da ação foi com as crianças com a patologia já citada, bem como aquelas que vivem em vulnerabilidade social.

"A gente logo que recebeu o convite do Canil que já é parceiro nosso para que fizéssemos esse momento aqui em Patos, a gente abraçou essa ideia e procurou da condições, não só eu enquanto vereadora, mas, também o deputado Nabor Wanderley, dando condições para que esse pessoal viesse para Patos", disse.

O evento foi realizado graças aos parceiros, site patosverdade.com que fez a cobertura, o Guedes Shopping, empresários, Canil Filhos do Bessa.

O evento foi realizado graças aos parceiros, site patosverdade.com que fez a cobertura, o Guedes Shopping, empresários, Canil Filhos do Bessa.


 

Fonte - Acilene Candeia /Patosveerdade.com


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.