comentários  

09 de janeiro de 2018, 11:09

Agente de Saúde denuncia negligência que levou a morte de agricultor na UPA da cidade de Patos


A Agente Comunitária de Saúde Ana Maria, residente no Bairro Maternidade, em Patos, está denunciando mau atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que levou a morte do agricultor Francisco de Assis dos Santos, 67 anos, morador da Comunidade Rural Campo Comprido, em Patos. O fato aconteceu neste domingo, dia 07.

De acordo com Ana Maria, o agricultor se sentiu mal por volta das 14h00 do domingo e os familiares dele o levaram até a UPA, localizada no Campo da Liga, Bairro Liberdade. Francisco de Assis ficou sentado nas cadeiras da recepção por cerca de duas horas sem atendimento, mesmo expressando desconforto respiratório e dores abdominais.

Francisco de Assis teve uma convulsão que pode ter sido parada cardíaca enquanto estava na recepção. Quando o agricultor caiu sem consciência, a equipe da UPA socorreu para a área vermelha, no entanto, o caso grave levou a morte súbita do paciente.

A ACS Ana Maria disse que a triagem foi negligente, pois deveria ter dado a devida atenção ao caso grave e levado ao médico plantonista com urgência. Após alguns minutos, se soube da notícia que o agricultor estava em óbito. Francisco de Assis chegou a ser entubado, mas sem possibilidade de vida.

A reportagem fez contato com a diretora da UPA, mas não obteve respostas do caso relatado pela ACS Ana Maria.

 

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

 

 


 

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.