comentários  

11 de janeiro de 2018, 16:43

Homem finge ser vítima de furto e acaba sendo preso por ter cometido a prática delituosa. Escute


O popular de nome Ênio Costa de Maria foi até a delegacia de Polícia Civil para relatar que foi vítima de um furto ocorrido nessa quarta-feira (10), no centro da cidade de Patos.

Após ser indagado pelo delegado, a suposta vítima informou que o furto ocorreu de fronte ao Banco do Brasil. Ao ter conhecimento de que o delegado iria solicitar as imagens da câmera de segurança, o homem mudou a versão da história, afirmando que o furto ocorreu no caminho de uma loja de calçados.

O delegado Demétrius Patrício achou que a versão de Ênio era no mínimo estranha, e pediu que o mesmo detalhasse como se deu o fato.

- Ele disse que estava de posse de uma quantia superior a oito mil reais para efetuar o pagamento de uma comerciante local. O mesmo alegou que dois indivíduos o abordaram na entrada do Banco do Brasil, onde um deles deixou cair uma carteira, e foi ai que ele ajudou a entregar o bem do assaltante, que agradeceu prontamente.

De acordo com a história de Ênio, o homem que derrubou a carteira e que ele ajudou a entregar, quis recompensá-lo com a compra de um calçado, e quando foram em direção à loja, este homem teria anunciado o assalto e levado a quantia de dinheiro informada.

Desconfiado, o delegado pediu que suas equipes fossem averiguar, porém, não conseguiram qualquer indício de que o Ênio teria sido assaltado por dois homens.

Portanto, diante das evidências, e de uma dívida que o rapaz tinha para pagar, o delegado disse que Ênio Costa de Maria foi preso sob a acusação de furto qualificado e comunicação falsa de crime.

Apesar do crime não ser passível de fiança, e o suspeito já ter sido levado para o presídio, a justiça pode conceder fiança para que o mesmo responda o crime em liberdade.

Mais detalhes na entrevista que segue abaixo.

 

Matéria por Patosonline.com

Áudio - Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.