comentários  

13 de fevereiro de 2018, 11:47

Diretora fala sobre reclamações de usuários que buscam retirada de identidade na Casa da Cidadania, em Patos


Os usuários que buscam a Casa da Cidadania, localizada no Rodo Shopping Edivaldo Mota, no Município de Patos, têm reclamado de dificuldades no momento da solicitação para retirada da carteira de identidade, o popular RG. Eles relatam que enfrentam longas filas e mau atendimento sempre nas manhãs das segundas-feiras.

Na segunda-feira, ocorre o agendamento para os que buscam a confecção do RG. São 100 pessoas atendidas a cada semana, no entanto, o número é pequeno para a demanda crescente e os cidadãos estão madrugando para conseguir a vaga.

Como a Casa da Cidadania atende Patos e região, algumas pessoas relatam que o número é insuficiente e por isso fazem opção para estarem na fila pela madrugada para garantir a vaga. Idosos, mulheres com crianças e grávidas já foram flagrados na fila em busca de atendimento preferencial que nem sempre é possível devido ao local ainda está fechado.

A reportagem do Patosonline.com entrevistou a diretora da Casa da Cidadania na cidade de Patos. A advogada Clécia Lopes explicou as dificuldades para o atendimento e relatou que todas as pessoas que são agendadas naquele dia são atendidas durante a semana. “São 100 pessoas agendadas por semana, então, não é necessário haver um tumulto, não é necessário a pessoa vir dormir à noite para poder conseguir uma vaga.   Todas as pessoas agendadas naquela semana elas são atendidas. Se nós fizermos u cálculo, são 400 identidades feitas na Cidadania...hoje o sistema é biométrico, então é jogado tudo no sistema e o IPC, em João Pessoa, é quem faz essa emissão. Daí são entregues de 30 a 45 dias. São várias Casas da Cidadania para que só João Pessoa emita a carteira. Não há necessidade de tumulto...”, relatou Clécia.

A diretora reconheceu a lentidão, mas explicou que o sistema biométrico é mais eficaz e seguro, porém, demora mais que o sistema anterior. A diretora disse que irá verificar a possibilidade da entrega de fichas para as pessoas que esperam nas filas. Clécia relatou que busca a melhoria do atendimento e espera a compreensão das pessoas que buscam a Casa da Cidadania.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

 

 

OUÇA Clécia Lopes:

 

 



Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.