comentários  

10 de março de 2018, 08:50

Thompson Mariz culpa falta de empenho dos políticos locais pela não instalação do Curso de Medicina na UFCG, Campus de Patos


O ex-reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Dr. Thompson Mariz, concedeu entrevista na noite desta sexta-feira, dia 09, ao Programa Polêmica, na Rádio Espinharas, em Patos. Thompson esteve no “olho do furacão” quando em 2007 a cidade de Patos, através do Campus da UFCG, perdeu o curso de medicina para a cidade de Cajazeiras.

Desde a época, o ex-reitor foi considerado como o principal culpado pelo ato, porém, nesta sexta-feira, ele enfrentou os microfones e falou abertamente sobre a polêmica que mobilizou toda a cidade de Patos em grandes protestos devido a implantação do curso de medicina em Cajazeiras, mesmo quando uma comissão do Ministério da Educação fez relatório mostrando que a cidade de Patos oferecia melhores estruturas para sediar o curso.

Thompson Mariz se mostrou muito tranquilo para explicar o que ocorreu para tal medida. Ele relatou que, de fato, a cidade de Patos oferecia a melhor estrutura devido a sua rede hospitalar, no entanto, os políticos de Cajazeiras e da região se empenharam mais do que os de Patos, conseguindo recursos federais e destinando a UFCG para que o curso de medicina fosse instalado no alto sertão. O ex-reitor também ressaltou que os recursos estavam já destinados e empenhados para Cajazeiras, fato que possibilitou a implantação do curso de medicina.

Falando sobre a atual situação da educação superior, Thompson disse que a universidade está em dificuldades desde que Michel Temer (PMDB) usurpou a presidência do Brasil. Ele também ressaltou o crescimento da UFCG mesmo diante das dificuldades e comentou sobre a criação do curso de Odontologia através da UFCG/Campos Patos. O ex-reitor fez questão de mostrar que o crescimento estrutural da universidade é percebido por qualquer um que a visitar.

Thompson Mariz confirmou a pré-candidatura a deputado federal pelo PSB. Ele disse que irá se desincompatibilizar do cargo que ocupa no Governo do Estado da Paraíba como diretor da SINEP. O professor disse que não é um projeto pessoal, mas sim um projeto coletivo. “Eu tenho serviço prestado à Paraíba. Por isso vou colocar meu nome à disposição da população”, reafirmou Thompson.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

 

 

Assista trecho da entrevista:


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.