comentários  

14 de abril de 2018, 09:17

Prefeito de Pombal é afastado do cargo pela Justiça


O Prefeito de Pombal (PB), Dr. Verissinho (MDB) foi condenado, em uma ação, movida pelo Ministério Público, em face de conduta vedada e improbidade administrativa. A Sentença foi dada ainda no mês de dezembro de 2017, no último lote do mutirão de Improbiddade Administrativa, porém só agora chegou na Comarca de Pombal, sendo cumpridas as medidas.

Na ação o juiz Antônio Eugênio, que é titular da Comarca de Itaporanga e membro do Meta 4 do CNJ, afirma que depois de analisar o processo, verificou-se que foi montada uma verdadeira máquina de manipulação de licitações da prefeitura de Pombal com a intenção clara de dilapidar o patrimônio público. 

O juiz determinou o afastamento do prefeito das funções públicas, perda dos diretos políticos por quatro anos além de multa.

O juiz manda ainda a Câmara de Vereadores providenciar o afastamento do prefeito de imediato. Nessa mesma ação, porém na Vara Criminal, o prefeito já foi condenado a 10 anos de prisão. Ambas decisões necessitam de julgamento por um colegiado o que permite, pelo menos por hora, Dr. Verissinho ingressar com pedido de liminar e tentar se sustentar no cargo.

 

Fonte: Diamante Online


Publicidade
Publicidade

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Patos Online suspende a publicação de comentários nas matérias. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto após as eleições de 2018.