comentários  

04 de maio de 2018, 15:09

Estudioso apresenta dados e analise das chuvas em Patos em 2018


De acordo com a Emater, as chuvas em Patos em 2018, totalizam até o presente momento 442,2 mm, distribuídos da seguinte forma:

Janeiro: 45,4 mm

Fevereiro: 211,8 mm

Março: 55,2 mm

Abril: 127,3 mm

Maio até o dia 03/05: 2,5 mm

Os dados de precipitação pluviométrica da Emater são oficiais, e fornecidos pela Embrapa, esses mesmos dados são fornecidos à AESA (Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba).

A média pluviométrica na Embrapa em maio é de apenas 60 mm

Já em junho, com o término do período chuvoso do sertão, a média cai mais ainda, sendo de apenas 24 mm

Média pluviométrica do período de janeiro a junho na Embrapa: 640 mm

Média pluviométrica anual na Embrapa: 675 mm

Dessa forma, as chuvas em Patos na Embrapa seguem abaixo da média no corrente período chuvoso de 2018.

 

Fonte: Embrapa/Emater

 

A Embrapa e a Estação Meteorológica situada no Bairro do Jatobá, contam com o pluviômetro oficial, recomendado pela OMM (Organização Meteorológica Mundial). O citado instrumento meteorológico, comete um erro de apenas 0,05% na estimativa da chuva, sendo, portanto o que mede de forma mais correta a precipitação pluviométrica.

O pluviômetro padrão Ville de Paris, está à venda na internet, e seu preço pode variar entre 700 e 1500 reais, dependendo de seu tamanho e do material de que é confeccionado.

 

https://www.climaeambiente.com.br/prod,idloja,23707,idproduto,4548677,instrumentos-de-medicao-pluviometro-ville-de-paris-

 

 Agora analisando os dados de chuva da Estação Meteorológica do Inmet, situada no Bairro do Jatobá:

janeiro: 93,8 mm

fevereiro: 209,8 mm

março: 76,5 mm

abril: 176,9 mm

 De janeiro a abril, o total de chuva registrado na referida estação meteorológica em Patos foi de 556,6 mm.

 A média pluviométrica no Jatobá em maio é de cerca de 68 mm

 Já em junho, com o término do período chuvoso do sertão, a média cai mais ainda, sendo próxima de 30 mm

 

Média pluviométrica do período de janeiro a junho no Jatobá: 680 mm

 

Média pluviométrica anual no Jatobá: 715 mm

 

A precipitação pluviométrica de uma localidade é obtida, de forma mais correta, através da média aritmética dos dados de chuva dos vários postos pluviométricos dessa localidade.

Dessa forma, fazendo-se a média dos dados de chuvas dos dois postos no período de 01 de janeiro a 03 de maio tem-se:

 

(556,6 + 442,2) /2 = 499,4 mm

 Se for considerado apenas a média pluviométrica da Embrapa de janeiro a maio, tem-se: 616 mm

 Se for considerado apenas a média pluviométrica no Jatobá de janeiro a maio, tem-se: 650 mm

O índice de chuvas de 499,4 mm está abaixo da média considerando-se as médias pluviométricas dos dois postos. No entanto, ainda é necessário aguardar o término do mês de maio, para se ter uma conclusão final se as chuvas vão ficar ou não abaixo da média no município.

 

O físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira, previu uma maior probabilidade de chover abaixo da média esse ano em Patos, e está se confirmando essa previsão, pois só com chuvas bem acima da média em maio, o cenário mudaria para uma condição de no mínimo normalidade.

 

 

Portal Ciência em Foco

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.