comentários  

07 de novembro de 2018, 21:23

"Iremos até o STF se for preciso", diz diretor jurídico do Sport-PB sobre decisão do STJD


O Sport-PB parece disposto a seguir sua briga jurídica para eliminar a Perilima da 2ª divisão do Campeonato Paraibano por conta de uma suposta escalação irregular de um atleta da Águia de Campina Grande. O diretor jurídico do clube de Lagoa Seca, Marconi Acioli, lamentou a decisão liminar proferida pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo César Salomão Filho, que anulou a decisão do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB) que paralisou a competição. Segundo o dirigente, o Sport-PB vai até o Superior Tribunal Federal (STF) em busca dos direitos do clube.

O advogado do Carneiro frisou que, diferente do entendimento do presidente do STJD, só existem dois clubes interessados na ação: Perilima e Sport-PB. Dessa forma, segundo o dirigente, haverá prejuízo com a realização de uma partida que poderá ter seu resultado anulado posteriormente.

Marconi ainda informou que espera que o TJDF-PB julgue o caso ainda nesta semana, mas que, independente da realização da partida no próximo sábado, o Sport-PB irá até as últimas instâncias, se for preciso.

O Sport-PB acusa a Perilima de atuar de maneira irregular com o jogador Brenno Yuri em cinco partidas da 2ª divisão do Campeonato Paraibano. Para o Carneiro, a Águia de Campina Grande infringiu o regulamento do torneio.

Com a nova liminar, a partida foi remarcada pela Federação Paraibana de Futebol (FPF) para este sábado. O duelo acontece às 15h15, no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande.

 

 

Por GloboEsporte.com — João Pessoa


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.