comentários  

12 de fevereiro de 2019, 13:25

Engenheiros da AESA e da Secretaria de Recursos Hídricos da Paraíba vistoriam Barragem da Farinha


Engenheiros da Agência Executiva de Gestão das Águas do estado da Paraíba (AESA), e o engenheiro da Secretaria Estadual de Infraestrutura Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Francisco Leonam Holanda Lins, estiveram na manhã de hoje (12) para verificar as fissuras ainda existentes na parede da barragem da Farinha.

Francisco Leonam, que ratificou a inexistência de risco de rompimento da barragem da Farinha, em Patos. De acordo com o engenheiro, 90% das fissuras foram sanadas.  

“Nós estamos visitando, juntamente com os técnicos da AESA, para realizar uma fiscalização na Barragem da Farinha. Obviamente que, após o desastre em Brumadinho, a população fica preocupada. Mas as infiltrações são de muito tempo. Há pouco mais de um ano, nós detectamos que naquele tempo o risco era grande, inclusive de rompimento da barragem. Então o governo já se mostrou sensível e licitou a barragem em caráter emergencial. Daí nós iniciamos os trabalhos de prevenção de riscos, com injeções de substâncias utilizadas para debelar rachaduras e vazamentos”, explicou o engenheiro.

Francisco garantiu que não existe risco nenhuma possibilidade de rompimento da barragem da Farinha. Portanto, a população patoense deve se tranquilizar quanto aos pequenos vazamentos que ainda existem no manancial.

Foto“Hoje, digo com toda tranquilidade ao pessoal de Patos, que não há nenhum risco de rompimento desta barragem. Os poucos vazamentos que existem não oferecem nenhum risco à Barragem. Deve esclarecer que em uma barragem desta natureza sempre terá esse tipo de vazamento, mas é comum. Nós estamos atentos {à barragem, fazemos fiscalizações constantes e acompanhamentos semanalmente este importante manancial para a cidade de Patos. Reafirmo que não há nenhum perigo iminente”, assegurou o engenheiro Francisco.

O Governo da Paraíba tem um Plano de Recuperação de Barragens que atua na prevenção e manutenção de mananciais por todo o estado. Este projeto já recuperou mais de 50 barragens na Paraíba. Segundo o engenheiro responsável, que tem 35 anos de experiência, mostra que o governo do estado está sensível e atento ao tema tão pertinente para a sociedade paraibana.

 

Fonte - Blog do Jordan Bezerra


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.