O presidente da Câmara Municipal de Santa Terezinha Paraíba, vereador Salomão Cordeiro de Oliveira (PP), usou o espaço jornalístico do Espinharas Notícias desta quarta-feira, 09 de outubro, para denunciar que os professores daquele município estão sem receber salários até a data de hoje.

Segundo Salomão, não existe justificativa por parte da gestão da Prefeita Terezinha Oliveira para o não pagamento, pois a verba para pagamento do magistério vem separada nas parcelas do FPM, ou seja, religiosamente chegam todo santo mês aos cofres do município.

O vereador ainda lamentou o silêncio dentro do município, já que segundo ele, em outras gestões bastava um ou dois dias de atraso, carros de som eram logo colocados nas ruas da cidade denunciando o fato, e agora são praticamente dez dias de atraso, com os professores sendo prejudicados.

Esses profissionais estão reclamando que seus compromisso estão atrasados. “São cartões de crédito, imposto de rendas, as despesas mensais, tudo em atraso, e o pior é que ninguém pode falar nada, pois somos logo reprimidos por alguns”, relatou uma professora que preferiu não se identificar.

Ouça a participação do vereador:

Patosonline.com m