Locais Em Patos

Internauta flagra cobra jiboia na Alça Sudeste, em Patos, durante a noite da última terça-feira (26); veja vídeo

O internauta Hericlis Guedes e seu colega tiveram uma grata surpresa enquanto retornavam do trabalho, em Patos.

28/03/2024 às 14h30
Por: Felipe Vilar Fonte: Patosonline.com
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Patosonline
Foto: Reprodução/Patosonline

Na noite da última terça-feira, 26 de março, o internauta Hericlis Guedes e seu colega tiveram uma grata surpresa enquanto retornavam do trabalho, em Patos.

Ao passar pela Alça Sudeste, eles se depararam com uma cobra jiboia atravessando a via, durante a chuva que caía na cidade.

Eles pararam a motocicleta e ficaram por alguns minutos vendo a travessia da cobra. Felizmente, o animal conseguiu chegar ao outro lado da pista sem ser atingido e seguiu para a vegetação.

Continua após a publicidade



A jiboia é um animal que não possui um habitat específico, podendo ocupar diversos domínios morfoclimáticos, desde florestas tropicais a regiões semiáridas.

Muitas pessoas acreditam que a jiboia é venenosa, há até mesmo uma crença de que ela é venenosa durante alguns meses do ano. No entanto, isso não é verdade, pois as jiboias não apresentam glândulas de veneno, nem dentes inoculadores.

Existem cerca de 11 subespécies de jiboia. No Brasil, há a ocorrência de duas delas:

  • Boa constrictor amarali: apresenta coloração predominantemente cinza ou marrom, com alguns indivíduos quase pretos. Não ultrapassa os 2,4 metros de comprimento. Ocorre na região do bioma Cerrado.

  • Boa constrictor constrictor: apresenta coloração variada, podendo ir do cinza claro ao marrom-escuro. Pode chegar a 4 metros de comprimento. É encontrada em uma maior área de abrangência, podendo surgir na região da Amazônia, Mata Atlântica, Caatinga e Restinga.

Por Felipe Vilar - Patosonline.com
Informações complementares: Biologia Net