Domingo, 14 de Julho de 2024
Onco Patos
UNIFIP
Dr. Jeann Santiago
Dra Felianne
Locais Saúde PB

Secretaria de Saúde da Paraíba realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo

A ação teve início no dia 1º e seguirá até o dia 31 de julho, com o objetivo de acompanhar a situação vacinal das crianças de seis meses a menores de cinco anos, público-alvo das duas vacinas.

10/07/2024 às 06h00 Atualizada em 10/07/2024 às 13h10
Por: Girleide Vilar Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Núcleo Estadual de Imunização, está coordenando o Monitoramento das Estratégias de Vacinação (MEV) para poliomielite e sarampo nos 223 municípios da Paraíba. A ação teve início no dia 1º e seguirá até o dia 31 de julho, com o objetivo de acompanhar a situação vacinal das crianças de seis meses a menores de cinco anos, público-alvo das duas vacinas.

Continua após a publicidade

O MEV é uma das ações do Ministério da Saúde, com foco na atenção primária. Entre os pilares estão as coberturas vacinais. Na Paraíba, devem ser analisadas a caderneta de vacinação de mais de 44 mil crianças com faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade, com ações integradas entre Estado e municípios. O número de crianças foi definido a partir de critérios técnicos baseados no número da população de crianças e de sala de vacinas, registradas no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES).

De acordo com a coordenadora do Núcleo Estadual de Imunização, Márcia Mayara, além de fazer uma busca ativa das crianças que ainda estão com as vacinas da pólio e do sarampo em atraso, a ação de monitoramento contribui para mapear as áreas com baixa cobertura vacinal no estado, bem como para a elaboração de estratégias que ajudem os municípios a atingirem ou se aproximarem da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, que é de 95%, tornando homogêneo o processo de imunização em todo o estado.

“O monitoramento consiste nessa varredura junto aos municípios, que vão utilizar as estratégias dentro dos seus territórios para buscar essas crianças e completar o esquema vacinal primário daquelas que, porventura, ainda não o fizeram”, explica Márcia Mayara, destacando que a ação é desenvolvida por profissionais de saúde, por meio de visitas domiciliares para checagem das cadernetas de vacinação. A coordenadora do Núcleo Estadual de Imunizações da SES ressalta, ainda, que os pais ou responsáveis devem ficar atentos à visita dos profissionais de saúde às suas residências, durante esse período, para que as cadernetas de vacinação dos seus filhos sejam atualizadas.

Ao fim do Monitoramento das Estratégias de Vacinação, os municípios deverão consolidar no sistema de informações todas as ações executadas. Os dados serão analisados pela equipe responsável da SES, para que se tenha um indicador de como está a adesão às vacinas contra poliomielite e sarampo em todo o território paraibano.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Patos, PB Atualizado às 03h04 - Fonte: ClimaTempo
20°
Parcialmente nublado

Mín. 19° Máx. 32°

Seg 33°C 19°C
Ter 33°C 19°C
Qua 33°C 20°C
Qui 33°C 20°C
Sex 33°C 19°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
RR Madeiras