Sexta, 19 de Julho de 2024
Dra Felianne
UNIFIP
Onco Patos
Dr. Jeann Santiago
Política Senado

Projeto de Lei apresentado no Senado quer suspender salários de políticos investigados por violência doméstica

Proposta busca fechar as brechas que permitem a acusados de violência doméstica continuar recebendo pagamento, mesmo quando afastados devido às investigações

29/03/2024 às 22h00
Por: Felipe Vilar Fonte: Portal Correio
Compartilhe:
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Edilson Rodrigues/Agência Senado

Um projeto de lei, apresentado no Senado, endurece as consequências para agentes públicos investigados por violência doméstica. O projeto do senador Nelsinho Trad (PSD-MS) busca fechar as brechas que permitem a acusados de violência doméstica continuar recebendo pagamento, mesmo quando afastados devido às investigações.

Continua após a publicidade

Nelsinho Trad reforçou a urgência de medidas legislativas mais rigorosas contra a violência doméstica. “A violência doméstica é uma chaga em nossa sociedade que deve ser combatida com todas as ferramentas disponíveis. Se queremos uma sociedade justa, é essencial que as consequências para esses crimes sejam severas e especialmente para aqueles que ocupam posições públicas. Esses tem que dar o exemplo. Diga não à violência doméstica. Se agrediu, bateu, não merece receber salários de instituições públicas.”

Repercussão

O projeto ganhou impulso após o Ministério Público pedir ao Tribunal de Contas da União a suspensão do salário do deputado Chiquinho Brazão, acusado de ser um dos mandantes dos assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes, em 2018.

Outro caso é o do deputado Delegado Da Cunha, do Progressistas de São Paulo, investigado por ameaçar de morte sua ex-companheira. Para Nelsinho Trad, a possível aprovação da proposta representará um avanço na luta contra a violência doméstica no Brasil, enviando uma mensagem clara de que tal comportamento não será tolerado, especialmente entre os agentes públicos.

Continua após a publicidade
Dr Umberto

Atualmente o projeto está tramitando na Comissão de Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa. Em seguida, ela seguirá para a de Constituição e Justiça.

Fonte: Portal Correio 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Patos, PB Atualizado às 01h04 - Fonte: ClimaTempo
21°
Tempo limpo

Mín. 20° Máx. 34°

Sáb 28°C 19°C
Dom 32°C 19°C
Seg 32°C 18°C
Ter 32°C 19°C
Qua 33°C 19°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
RR Madeiras