Terça, 21 de Maio de 2024
Onco Patos
Dra Felianne
UNIFIP
Dr. Jeann Santiago
Política Musk X Morais

Senado Federal convida Elon Musk para debater abusos do poder Judiciário

No Senado, convite foi feito pela Comissão de Segurança Pública. Presença de Musk pode ocorrer de forma remota

09/04/2024 às 23h28
Por: Marcos Oliveira Fonte: CNN Brasil
Compartilhe:
Foto - www.flickr.com/
Foto - www.flickr.com/

A Comissão de Segurança Pública do Senado aprovou nesta terça-feira (9) um requerimento para realizar uma audiência pública para discutir suposto abuso de poder por parte do Judiciário.

Continua após a publicidade

O empresário Elon Musk, que tem feito ataques ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, é um dos convidados para a audiência. Ele poderia participar de forma online.

A audiência pública debaterá acusações de suposto monitoramento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet e pedidos ilegais, por parte do STF, ao X (ex-Twitter), adquirida por Musk em 2022.

Além do empresário, a audiência também convida representantes do YouTube, Instagram e Facebook, entre outros nomes. O debate, que atende a requerimento do senador Eduardo Girão (Novo-CE), ainda não tem data marcada.

Continua após a publicidade

O nome do dono do X foi sugerido pelo senador Jorge Kajuru (PSB-GO), que afirmou que o empresário “começou toda essa confusão”.

Nos últimos dias, o bilionário fez uma série de publicações contra Alexandre de Moraes, cujas medidas podem ter como desfecho a proibição do X no Brasil.

Musk pede a renúncia ou impeachment de Moraes sob alegação que as exigências do magistrado para a plataforma “violam a legislação brasileira”.

Após os ataques, o dono do X foi incluído por Moraes no inquérito das milícias digitais em tramitação no STF. Ele também recebeu críticas de aliados do governo federal e apoio de parlamentares da oposição.

Entenda o caso envolvendo Musk

As falas de Musk ocorrem após a divulgação do chamado “Twitter Files Brazil” pelo jornalista norte-americano Michael Shellenberger.

O “Twitter Files” mostra a troca de e-mails entre funcionários que representavam o Twitter no Brasil com a sede da empresa nos Estados Unidos, entre 2020 e 2022.

Essas mensagens mostram, segundo Shellenberger, pedidos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) e de membros do Congresso Nacional para que a plataforma revelasse dados de usuários que se manifestavam contra membros do Judiciário e questionavam a lisura do processo eleitoral.

À CNN, Shellenberger ressaltou que não obteve nenhum documento oficial de instituições do Brasil. “Eu não vi e não tenho os documentos [do Judiciário]. Se eu tivesse visto, eu iria publicá-los. [Tive acesso] Somente a e-mails trocados entre os empregados do Twitter no Brasil e nos Estados Unidos”, disse ele à CNN.

Fonte: CNN Brasil

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Patos, PB Atualizado às 19h05 - Fonte: ClimaTempo
26°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 33°

Qua 35°C 20°C
Qui 34°C 21°C
Sex 32°C 23°C
Sáb 33°C 21°C
Dom 32°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
RR Madeiras